Pandamonium

A web tem destas coisas, ontem estava a ver um jogo de futebol, enquanto a web entrava em pânico com rumores de um Panda imaginário… Eu já me tinha manifestado sobre o assunto no passado, mas volto a repetir:

O Panda NÃO está ativo para Português, nem qualquer outro idioma para além do Inglês. E não estará até comunicação oficial!

Quando eu digo que não está ativo para Português, ele não está mesmo, nem em Google.com, nem em Google.co.uk nem em Google.com.br, nem em Google.pt nem em qualquer outro Google no mundo. Ele não está ativo para qualquer idioma para além da língua Inglesa em qualquer Google do mundo. É o idioma em que a pesquisa é efetuada que conta e não o IP, TLD ou parâmetros no URL.

Certamente existem posts traduzidos do blog Inglês para outros idiomas, mas isso não significa que o Panda tenha sido lançado nesses idiomas. O Google dá liberdade suficiente às equipes envolvidas em comunicação para decidirem se algo faz ou não sentido ser publicado para um determinado mercado. Uma vez que o Panda NÃO foi lançado em qualquer outro idioma para além do Inglês, traduzir o post para Português apenas iria criar mais confusão e dúvida. Existe também a componente de mudança, aperfeiçoamento e adaptação. Ou seja, o Panda que foi lançado inicialmente já não é o mesmo Panda que está em vigor, e certamente não será o mesmo Panda que vai ser lançado Internacionalmente.

Assim que o Panda for lançado em Português os webmasters de língua portuguesa serão os primeiros a saber.

Comente usando o Google+ ou os Comentários do Wordpress

Comments

    • Henrique says

      Olá Pedro,

      Faço das palavras do Roger, as minhas, pois utilizando o parâmetro hl=en utilizando buscas em português os resultados dos posicionamentos são bem diferentes se utilizasse hl=pt ou hl=pt-br.

      Se possível poderia explicar o motivo dessa diferença, uma vez que em ambas as buscas os sites listados estão em português, porém em posições bem distintas em algumas buscas.

      Desde já agradeço a sua cordial atenção.

      Obrigado

      • Henrique says

        Pedro, independente do Panda estar ativo ou não, confesso que fiquei curioso em saber por qual motivo, os resultados das buscas para a mesma keyword são tão diferentes entre hl=pt e hl=en.

        Poderia explicar? Ou é uma informação que você não pode disponibilizar aqui?

        Agradeço a atenção.

        • says

          Olá Henrique, os resultados são diferentes porque você está a especificar o idioma da pesquisa, logo para idiomas diferentes obviamente os resultados são diferentes. Você pode influenciar o idioma da pesquisa de várias maneiras, alguns dos fatores que influenciam a variação de resultados são:

          • Endereço de IP do internauta
          • Propriedade do Google em que a pesquisa é efetuada (google.com, google.pt, etc)
          • Parâmetros no URI da pesquisa [hl=]

          Estes fatores podem influenciar individualmente ou em conjunto.

  1. Flávio José says

    “Quem não deve não teme”

    E me atrevo a dizer: deve ter muita gente devendo por aí!!

    Qualquer movimentação estranha no site é o Panda em ação, mesmo vcs do Google afirmando categoricamente que o Panda não existe em qq outro idioma que não seja o inglês.

    O povo está preocupado… É isso meu caro, o medo e a insegurança deixa todo mundo achando que o mundo está contra…

    Abraços

  2. says

    “Ele não está ativo para qualquer idioma para além da língua Inglesa em qualquer Google do mundo. É o idioma em que a pesquisa é efetuada que conta e não o IP, TLD ou parâmetros no URL.” -> e para queries de pesquisa que não tem um idioma definido, por exemplo, marcas e produtos que tem o mesmo nome em vários países ou conceitos cujos termos são, inicialmente, considerados em inglês. Como fica? (exemplos: Calvin Klein, marketing, SEO…).

  3. says

    “É o idioma em que a pesquisa é efetuada que conta e não o IP, TLD ou parâmetros no URL.”

    Mas como é que o Google sabe? Se eu procuro a palavra “portugal”, qual o idioma?

    • says

      Roger, para queries internacionais ou tão vagos como esse ou outros em que o Google não consegue determinar o idioma do termo de busca, aí sim ele poderá considerar a propriedade do Google em que o mesmo é efetuado.

  4. says

    “O Panda NÃO está ativo para Português, nem qualquer outro idioma para além do Inglês. E não estará até comunicação oficial!”

    Mas será uma comunicação póstuma ou será dada a notícia antes?

  5. says

    Po, ta demorando muito pra chegar em português :P

    Sei que é meio off, mas fico revoltado quando o Google fala em Panda e qualidade sendo que não oferece a devida qualidade nos seus sites.

    O Panda será ótimo, agora aquele posicionamento tosco de AdWords com fundo quase igual ao branco nas SERPs é péssimo, em muitas telas de leigos nem dá pra diferenciar orgânico de pago, Google privilegia conteúdo pago de baixa qualidade e fala pro primeiro lugar “toma, vc não tá pagando, vai ficar ae escondidinho”.

    Ai de quem usa AdSense se usar um posicionamento parecido com aquilo…

    Google fala tanto em qualidade, qualidade, mas devia repensar um pouco a qualidade no seu próprio site. Depois disso sim o gigante das buscas teria alguma moral pra falar sobre o Panda.

    • says

      Marcos, você está misturando alhos com bugalhos. User Interface team não tem nada a haver com Search Quality team. No entanto agradeço o seu feedback :)

      • says

        Tem com a experiência do usuário :P
        O Panda preza pela qualidade (dos resultados), enquanto que a SERP do Google nem sempre oferece a melhor qualidade (de usabilidade, distinção entre ads e conteúdo). Vindo da mesma empresa, é no mínimo contraditório, rs.

        • says

          Exatamente, experiência do usuário = UI team. No entanto eu entendo perfeitamente o que se tem falado acredite, em Search Quality estamos tão satisfeitos ou menos do que vocês. Por vezes o Google faz mudanças e por muito que a nossa equipe dentro do Google tente ser consistente com todas as outras por vezes existem pontos de colisão. Nessa altura os nossos usuários são a nossa melhor arma. Acredite que se o nível de satisfação for menor que o nível de frustração, o Google certamente reagirá a isso.

  6. Vítor Afonso says

    Esperamos que o Panda traga de facto melhorias ao nível da qualidade das pesquisas, nomeadamente, na erradicação de domínios vazios, sem qualquer conteúdo, que ficam vários anos nos primeiros resultados do Google e também, naqueles casos em que, vários domínios apresentam os mesmos conteúdos sem redirecionamentos entre eles.

    Temos esperança de que com o Panda mude alguma coisa, uma vez que as comunicaçõs através do da ferramente Webmaster Tools não surtem qualquer efeito.

  7. says

    Pois, ainda não tinha notado grandes diferenças nos rankings dos meus sites em português, este artigo veio confirmar as minhas suspeitas.

    Então se a Google tem sempre em consideração o ip do utilizador é impossível em Portugal fazer uma pesquisa com os resultados exactos que obteríamos noutro pais, certo?

    Por exemplo tenho alguns sites virados para o mercado brasileiro, nunca conseguirei fazer uma pesquisa como se estivesse no Brasil.
    Eu costumo mudar para o Google.com.br e usar gr=BR-RJ&gl=BR, mas estou a ver que isto não é fidedigno.

  8. Leandro Pileggi says

    Legal Pedro, foi bom deixar bem claro, pois é incrível o quanto já estão especulando sobre o Panda aqui no Brasil, exatamente porque tem blog que apenas traduziu o post.

    Assim que ele for lançado, por favor, nos deixe saber.

  9. Leo says

    Pedro tenho uma dúvida e também acho ser uma dúvida de muitos.
    Agradeceria se pudesse ajudar.

    Quando o google diz evite troca excessiva de links, vocês se referem mesmo links com nofollow?

    Dentro do meu segmento eu poderia indicar varios sites e empresas do mesmo segmento e produtos relacionados. Se esta indicação de links fosse com nofollow e não tivesse objetivo de manipulação nenhuma
    de PR. Eu não poderia ter vários parceiros? Desta forma estaria trazendo muito tráfego qualificado para meu site, e também levando tráfego de qualidade para parceiros do mesmo setor.

    Mesmo sem a intenção de manipular rank existe um número limite para estas parceiras?
    Como o google olharia para 50 sites linkados com nofollow com o único objetivo de gerar tráfego de qualidade?

    Obrigado.

  10. Guilherme says

    A nova atualização do algoritmo também afetará conteúdo traduzido de outros idiomas, ou apenas conteúdo duplicado no próprio idioma? Abraço e fico no aguardo de sua resposta.

  11. says

    Vejo muita gente com medo do Panda, mas se temos um blog com conteúdo de qualidade não seria uma vantagem?

    Estou tendo problemas é com algumas mudanças sem aviso do Google. Por exemplo, meu blog Sintomasedicas.com (Brasileiro) não está aparecendo no Google.com, somente no Google.com.br; usuários do IE só pesquisam com o Google.com. Além deste blog, outros blogs meus também sofreram com isso.

    Alguns blogs que eu conheço aparecem nos dois. Será que fiz algo de errado e fui penalizado somente no Google.com?

    Eita dúvida!

Se o seu comentário ou pergunta é sobre um site ou problema específico, ou mesmo uma pergunta geral sobre a pesquisa do Google, o melhor lugar para obter uma resposta é no Fórum do Google de Ajuda a Webmasters!

Ao comentar, por favor utilize o seu nome ou nick, e não o nome do seu negócio ou empresa. Os nomes de negócios ou empresas quando utilizados em comentários tendem a ter uma conotação de spam, e eu gostaria de encorajar as pessoas a comentarem com o seu nome verdadeiro.
Link para reportar SPAM no Google.

Comentários fecham automaticamente ao fim de 365 dias.